Como fazer para morar e trabalhar no exterior?

trabalho no exterior

É muito comum ver pessoas perguntando sobre a possibilidade de viajar e trabalhar no exterior e hoje eu resolvi escrever um pouco sobre isto e ajudar a desvendar este assunto.

Work Away

Primeiro eu gostaria de dizer que é possível sim e hoje eu vou falar um pouco sobre o Work Away que é um website dentre vários outros que tem surgido ultimamente que permitem o encontro entre anfitriões (hosts) que publicam ofertas com o tipo de ajuda/trabalho que precisam assim como o que podem oferecer em troca e passam então a receber aplicações de candidatos voluntários (volunteers) que se interessam pela oferta.

É muito importante ter em mente que este tipo oportunidade não visa retorno financeiro para os voluntários e sim retorno em termos de experiência de vida, diversão, aprendizado de outro idioma, turismo e imersão cultural no local de destino. Fazer novos amigos também é uma forma de mensurar o retorno deste tipo de experiência.

A maioria das vagas oferecem em troca da ajuda/trabalho apenas hospedagem e alimentação aos voluntários e algumas demonstram interesse em compartilhar suas experiências, hobbies, tradições e hábitos locais.

É importante saber

É importante também observar que a maioria das oportunidades também é destinada a quem fala inglês ou outra língua estrangeira o que faz muito sentido. Para você que ainda não fala outro idioma além de português, eu recomendo começar seu planejamento de um intercâmbio usando nossa ferramenta de orçamentos que vai lhe colocar em contato com algumas agências parceiras do Blog e começar a te ajudar a realizar este sonho que terá grande impacto tanto na sua vida pessoal quanto na profissional. Clique aqui para solicitar seu orçamento de intercâmbio das agências parceiras do Blog sem nenhum compromisso e além disto ainda ajuda o Blog!

Cuidados necessários

Além das questões de segurança (não cair em golpes) e saúde como por exemplo ter sempre um seguro saúde, é sempre bom lembrar que para que a experiência seja positiva é muito importante definir bem o acordo (agreement) com o anfitrião para que não hajam problemas futuros. Tente definir exatamente a(s) função/funções que você como voluntário está disposto a cumprir e uma eventual carga horária de trabalho. Da mesma forma é importante que o anfitrião também deixe claro os benefícios que ele ira prover a você. Fazendo isto e principalmente respeitando isto certamente será bom para as duas partes.

A melhor dica

A melhor dica que eu posso dar para este tipo de programa de trabalho no exterior é primeiramente se candidatar para vagas que estejam de acordo com suas capacidades técnicas e físicas e principalmente que vocês estejam dispostos a executar o trabalho de acordo com o combinado. É essencial ir completamente abertos para conhecer uma nova cultura, provar novos paladares e ainda levar sua cultura para compartilhar com as pessoas que você conhecer nesta aventura.

Outras opções além da Work Away:

Help X

WWOOF

Yoga Trade

Hovos

Espero que tenham gostado.

Obrigado pela visita.

Marcelo Góes.

Marcelo Góes
Marcelo Góes

Marcelo Góes realizou seu primeiro intercâmbio para Dublin na República da Irlanda aos 23 anos onde aprendeu inglês e teve a oportunidade de viajar por vários países da Europa.

Deixe seu comentário também